6 de mai de 2007

Ficarei devendo...

Um post sobre "quarentar" .
Sabem como é... quarentando já não se tem o mesmo pique de antes, e preciso acordar cedo amanhã. Como fiz várias coisas aqui pela net, num pc lento, muito mais lento do que eu, ... fica para a próxima esse post, ok? Beijos.

Comentando comentários...

Bem, amigos, ando meio afastada do blog, e de muitas outras coisas, que gosto de fazer, e acabo não fazendo. Isso é lamentável, e sempre que posso, tento corrigir.
Vou direto às respostas de seus comentários (os últimos, pelo menos):
Paulo, já agradeci pessoalmente, e agradeço mais uma vez, obrigada pelo carinho de sempre. Você é uma pessoa de valor inestimável (graças a Deus, vocês todos, meus amigos, são!) e fico feliz por tê-lo em meu convívio, ainda que nem tanto quanto gostaríamos, não é? Mas este ano estamos nos vendo um pouco mais, e isso já é ótimo. O livrinho que me deu, também é valioso. Veio bem a calhar... Valeu. Ah, e prepare-se, você também está próximo de ganhar mais uma primavera...
Al, " a MAIS CHARMOSA "-ENTONA"! DO DIA 22 DE ABRIL... ", essa foi demais... Obrigada pelo charmosa. O difícil é assimilar o "entona". Mas eu chego lá. E espero sim, que venham todos os ENTA que me cabem, de direito, hehehe... Deus há de me contemplar com anos maravilhosos, daqui pra frente. Não que os passados tenham sido ruins, pelo contrário. Mas acho que realmente, a vida está começando aos quarenta. Não posso pensar diferente! Muito obrigada pela sua amizade e pelo seu carinho, também.
Charlie, my dear, sobre Lula e companhia, o que dizer, não é? Eu também estou caindo no conformismo, embora não deva, e lute sempre contra isso. Hoje perdemos o Enéas, que apesar de ser uma figura quase folclórica, era um homem sábio, no qual votei, sem vergonha nenhuma de assumir. Mas, política é política e muita água ainda vai rolar nesse Brasil, pra que nos envergonhemos, e quem sabe, nos orgulhemos, um dia. Adoro-te igualmente. És um jovem brilhante, e quem sabe ainda te vejo na política (será isso uma praga??? Melhor retirar o que eu disse!).
Doce Amigo, sim, dou graças ao Pai, por ter completado mais esta primavera... Como disse acima, espero todas que Ele quiser me proporcionar, e tenho que fazer o meu melhor, pra aproveitá-las, "seize the days" et carpe diem... Ah, não posso deixar de dizer: saudações rubro negras, você deve estar eufórico, mas não fiquei nem um pouco contente, podes ter certeza! Gol anulado, gol legal... juizinho fdp... mas isso é problema dele, né? Enfim, sem comentários.
Voltando ao assunto: Ontem, ouvi o sábio (admiro-o) Armando Nogueira, dizendo à Angélica, na tv, que descobriu o verbo "oitentar". Pois eu estou descobrindo o verbo "quarentar". Falarei sobre isso no próximo post.
Aqui encerro os comentários, agradecendo a todos os meus fiéis leitores, amigos diletíssimos, as visitas, e suas doces palavras. Vocês são uns amores, e fazem meus dias mais felizes quando passam por aqui e deixam suas opiniões, seu carinho, enfim, sua atenção.
Fiquem com Deus, e aceitem um beijo e abraço virtuais, com muito carinho!

Momento frase...

"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém. Posso, apenas, dar boas razões para que gostem de mim e ter a paciência para que a vida faça o resto..."
William Shakespeare


Recebi esta sábia frase, de um ex-aluno, chamado Fábio.
Refletindo sobre ela, completo: haja paciência...